União Europeia planeja investir R$ 10 bilhões em projetos de hidrogênio verde no Brasil

União Europeia planeja investir R$ 10 bilhões em projetos de hidrogênio verde no Brasil

A União Europeia destinará €2 bilhões (R$10,5 bilhões) para impulsionar a produção de hidrogênio verde no Brasil, como parte dos esforços do bloco europeu em reduzir a dependência e o uso de combustíveis fósseis. Além disso, será feita uma doação inicial de €20 milhões (R$105 milhões) ao Fundo Amazônia. A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciou essa contribuição durante uma audiência com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio do Planalto, ocorrida na segunda-feira, dia 12.

“Ela afirmou: “A Europa investirá €2 bilhões para apoiar a produção brasileira de hidrogênio verde, promovendo a eficiência energética em sua indústria”. Além disso, ela acrescentou: “Temos a intenção de contribuir com €20 milhões para o Fundo Amazônia, e os Estados-membros também devem fazer suas contribuições”.

Missão de deter o desmatamento na floresta amazônica

De acordo com a presidente da Comissão Europeia, é uma responsabilidade significativa da Europa deter o desmatamento na Floresta Amazônica. O Brasil possui um plano e um compromisso de eliminar completamente o desmatamento ilegal até 2030. Ela enfatizou a existência de um projeto de €480 milhões destinado a combater o desmatamento e promover o uso sustentável da terra.

A doação em nome da União Europeia estava sob estudo há pelo menos desde fevereiro, quando a chanceler francesa, Catherine Colonna, visitou Brasília e anunciou que seu país também planejava contribuir financeiramente para o fundo de forma individual.

Doadores do Fundo Amazônia

Desde a posse de Lula como Presidente da República, a União Europeia tornou-se o terceiro novo doador do Fundo Amazônia. No entanto, o valor anunciado é o menor deste ano. Os Estados Unidos prometeram uma contribuição de 500 milhões de dólares, enquanto o Reino Unido doará 80 milhões de libras esterlinas.

Até o momento, o Fundo Amazônia havia arrecadado R$ 3,3 bilhões, com as maiores contribuições vindo da Noruega, Alemanha e uma parcela da Petrobras. Lula pretende usar a cúpula dos países do Tratado de Cooperação Amazônica para buscar mais recursos e planeja convidar presidentes de países europeus, como França e Irlanda.

Ao anunciar os investimentos, a presidente da Comissão Europeia declarou que o bloco pretende investir 10 bilhões de euros na América Latina e no Caribe, como resposta à crescente presença da China na região, especialmente por meio do financiamento de projetos de infraestrutura. Ela ressaltou o desejo da União Europeia de fortalecer a parceria estratégica com a América Latina por meio de investimentos concretos. Além disso, mencionou que o plano Global Gateway será complementado por recursos privados e dos 27 países individualmente.

Parafraseando o slogan da política externa de Lula, “O Brasil está de volta”, a comissária afirmou que o presidente brasileiro realmente trouxe o país de volta ao seu devido lugar, como líder democrático internacional. Ela destacou que a Europa também está de volta, reafirmando o compromisso com o Brasil e a América Latina. Segundo ela, essas regiões são parceiras naturais por opção.

Matérias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados com *

plugins premium WordPress
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?