Energia eólica bate recordes de geração em julho de 2023

Energia eólica bate recordes de geração em julho de 2023

A energia eólica alcançou índices inéditos em julho de 2023. Em apenas quatro dias do mês, registrou-se o maior montante de geração instantânea e média no Sistema Interligado Nacional (SIN) do ano, com uma produção de 19.720 MW, representando 27,8% da demanda nacional de energia. Esse recorde foi estabelecido em 4 de julho, às 22h55, de acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico.

Esses números significam que mais de um quarto da demanda do SIN poderia ter sido suprida pela energia gerada pelos ventos nesse momento. O recorde anterior nessa modalidade foi estabelecido em 15 de outubro de 2022, com 18.189 MW. A geração média de energia eólica no SIN também atingiu um percentual inédito no ano, alcançando 17.110 MW médios, o que representa 24,3% da demanda do SIN.

No subsistema Nordeste, a geração instantânea também estabeleceu recordes. Em 3 de julho, atingiu 17.135 MW, às 23h59. No entanto, menos de 24 horas depois, esse recorde foi superado, chegando a 18.401 MW às 22h41 de 4 de julho. Esse valor representa 149,1% da demanda do subsistema, o que significa que toda a carga necessária poderia ter sido atendida pela energia eólica gerada naquele momento, com sobra.

Os meses de julho a setembro são conhecidos como a temporada dos ventos, quando ocorre um aumento na intensidade eólica em várias regiões do Brasil, ampliando assim a participação dessa fonte de energia na matriz elétrica do SIN.

Link Original: https://www.canalenergia.com.br/noticias/53251655/geracao-eolica-registra-recordes-em-julho

Matérias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados com *

plugins premium WordPress
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?