Aumento na conta de luz: Cemig anuncia reajuste de até 15,55%

Aumento na conta de luz: Cemig anuncia reajuste de até 15,55%

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) teve sua Revisão Tarifária Periódica aprovada pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), o que resultará em um reajuste de até 15,55% na conta de luz para os consumidores a partir do dia 28 de maio. Segundo a ANEEL, os consumidores residenciais (B1) terão um reajuste de 14,91%, já os clientes da Baixa Tensão sofrerão um aumento de 15,55%, enquanto os consumidores da Alta Tensão terão um reajuste de 9,84%. Com isso, o reajuste médio será de 13,27%. A proposta inicial era de um aumento médio de 10,00%. Atualmente, a Cemig atende a 9,1 milhões de unidades consumidoras em 774 municípios do estado de Minas Gerais.

A ANEEL explicou que os custos com transporte e compra de energia, retirada de componentes financeiros estabelecidos no último processo tarifário foram os principais fatores que impactaram no cálculo da revisão.

A Agência também aprovou os limites para os indicadores de Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (DEC) e de Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora (FEC) da distribuidora para o período de 2024 a 2028.

O efeito médio do reajuste na alta tensão refere-se às classes A1 (>= 230 kV), A2 (de 88 a 138 kV), A3 (69 kV) e A4 (de 2,3 a 25 kV). Para a baixa tensão, a média engloba as classes B1 (Residencial e subclasse residencial baixa renda); B2 (Rural: subclasses, como agropecuária, cooperativa de eletrificação rural, indústria rural, serviço público de irrigação rural); B3 (Industrial, comercial, serviços e outras atividades, poder público, serviço público e consumo próprio); e B4 (Iluminação pública).

Matérias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados com *

plugins premium WordPress
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?