Consumo de energia no mercado livre registra crescimento de 11% no primeiro trimestre

Consumo de energia no mercado livre registra crescimento de 11% no primeiro trimestre

O consumo de eletricidade no mercado livre de energia no Brasil apresentou um aumento de 11% no primeiro trimestre de 2023 em comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com um levantamento realizado pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel). Em contrapartida, o consumo no mercado regulado registrou uma queda de 1,3% na mesma base de comparação.

O estudo também revela que, em março deste ano, o consumo no Ambiente de Contratação Livre (ACL) foi 13% maior do que no mesmo mês do ano anterior. Por outro lado, o consumo no Ambiente de Contratação Regulada (ACR), atendido pelas distribuidoras de energia, teve uma diminuição de 0,5% no mesmo período.

Segundo a Abraceel, o ACL atraiu 4.752 novas unidades consumidoras nos últimos 12 meses até março de 2023, representando um crescimento de 17%. Atualmente, existem 32.627 unidades consumidoras agrupadas em 11.421 consumidores no mercado livre. Cada unidade consumidora corresponde a um medidor de energia.

É importante ressaltar que essas 32.627 unidades consumidoras no mercado livre representam apenas 0,04% das 89 milhões de unidades consumidoras de energia registradas no Brasil. São principalmente grandes consumidores industriais e de serviços, que têm a possibilidade de escolher seu fornecedor e buscar preços mais competitivos para a compra de energia elétrica.

Matérias Relacionadas
plugins premium WordPress
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?