BNB oferece financiamento de R$ 10 bilhões para iniciativas de energia renovável

BNB oferece financiamento de R$ 10 bilhões para iniciativas de energia renovável

O Banco do Nordeste (BNB) anuncia a disponibilidade de R$ 10 bilhões para investimentos em iniciativas de energia renovável ao longo deste ano. Com o intuito de impulsionar o desenvolvimento de fontes limpas e sustentáveis de energia em sua área de atuação, o banco oferecerá financiamento para diversos projetos, abrangendo desde usinas solares e eólicas até instalações de placas solares em residências de pessoas físicas.

O montante disponibilizado pelo BNB provém de diversas fontes de recursos, incluindo o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), FI-Infra, a Agência Francesa de Desenvolvimento e o Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE), além de cofinanciamento com o BNDES, por meio do FNE.

Aldemir Freire, diretor de Planejamento do BNB, destaca que os investimentos do banco têm contribuído para a melhoria da infraestrutura energética do país e que a instituição está em diálogo com organismos multilaterais para obter mais recursos e atender à crescente demanda na região.

“Nos últimos cinco anos, o Banco do Nordeste destinou mais de R$ 31 bilhões a projetos de geração de energia eólica e fotovoltaica. A região tem se destacado como um polo promissor para a produção de energia renovável no Brasil, e o BNB enxerga esse potencial como uma oportunidade, reafirmando seu compromisso em promover o desenvolvimento sustentável da região”, afirma Aldemir Freire.

Segundo o Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), área de pesquisa do BNB, a geração de energia solar no Brasil tem crescido em média 112% ao ano desde 2011, enquanto a fonte eólica registra um aumento de 40% ao ano. A região Nordeste desponta como protagonista na transição da matriz energética do país, devido à alta radiação solar e aos ventos constantes, concentrando a maior parte dos investimentos nesse setor.

Uma das linhas de crédito oferecidas pelo BNB é a FNE Sol, que financia projetos de mini e microgeração de energia para empresas privadas, produtores rurais e pessoas físicas. Essa linha de financiamento engloba diversos itens relacionados à energia fotovoltaica, incluindo componentes, instalação, placas solares, inversores e materiais elétricos. Os juros pré-fixados do produto partem de 7,9% ao ano.

Nos últimos cinco anos, o Banco do Nordeste realizou mais de 24,7 mil operações de crédito por meio da FNE Sol, totalizando um investimento superior a R$ 2 bilhões. Aldemir Freire destaca que as taxas de juros são um diferencial dessa linha de financiamento, devido aos recursos do Fundo Constitucional, permitindo oferecer as melhores condições de pagamento aos clientes.

Matérias Relacionadas
plugins premium WordPress
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?