Crescimento de 5,1 GW na matriz elétrica brasileira no primeiro semestre

Crescimento de 5,1 GW na matriz elétrica brasileira no primeiro semestre

O Brasil aumentou em 5,1 GW a capacidade instalada de geração de energia elétrica no primeiro semestre de 2023. Esse crescimento compõe os 193,9 GW disponíveis para operação comercial no país. Os 5,1 GW representam 49,97% da meta de crescimento estabelecida pela ANEEL para 2023, que é de 10,3 GW.

Das 160 usinas que entraram em operação comercial de janeiro a junho, 67 são eólicas, com 2,3 GW (44,53% do total); 59 são solares fotovoltaicas, com 2,2 GW (42,76%); 23 são termelétricas, com 521,4 MW (10,13%); oito são pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), com 121,5 MW (2,36%); e três são centrais geradoras hidrelétricas, com 11,4 MW (0,22%).

Apenas em junho, foram adicionados 538,1 MW à matriz elétrica brasileira, sendo 239,4 MW instalados no Rio Grande do Norte. Ao longo do primeiro semestre de 2023, 18 estados de todas as regiões do país receberam novas usinas. Os destaques são a Bahia, com 1.589,5 MW; Minas Gerais, com 1.276,2 MW; o Rio Grande do Norte, com 978,4 MW; e o Piauí, com 375,4 MW.

As fontes renováveis representam 83,64% dos 193,9 GW em operação no país, de acordo com o Sistema de Informações de Geração da ANEEL (SIGA). A matriz elétrica brasileira é considerada 83,55% renovável.

Link Original: https://www.gov.br/aneel/pt-br/assuntos/noticias/2023/primeiro-semestre-de-2023-tem-crescimento-de-5-1-gw-na-matriz-eletrica-brasileira

Matérias Relacionadas
plugins premium WordPress
Abrir bate-papo
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?