Notícias

17/06/2020

Itaipu bate novo recorde de produtividade



A hidrelétrica de Itaipu registrou novo recorde de produtividade na última quinta-feira (11), atingindo à marca de 35 milhões de MWh no acumulado do ano. Segundo a binacional, a otimização do uso da água aliada ao sincronismo e ao trabalho conjunto das diferentes áreas da diretoria técnica da usina, permitiram ainda o recorde histórico de produtividade nos meses de abril e maio, com 1,107 megawatt médio por metro cúbico de água por segundo e 1,1061 MW/m³/s, respectivamente.

Esses são os maiores índices mensais de produtividade de toda a história da UHE desde o início de seu funcionamento, em 1984. Para efeitos de comparação, mesmo com uma afluência menor chegando ao reservatório nesse ano, cerca de 11% abaixo em relação ao mesmo período de 2019, a usina conseguiu uma produtividade 2% superior.

O superintendente de Operação da Itaipu, José Benedito Mota, atribui o bom desempenho a gestão eficiente e a regra de “fazer mais com menos”. Ele afirma ainda que a geração acumulada da hidrelétrica em 2020 até agora seja menor que no ano passado, cerca de 4%, ela já apresenta sinais de recuperação, o que é especialmente significativo durante o período de pandemia, com a desaceleração econômica.

Segundo o executivo, a tendência é de melhoria nos números a cada mês. Em abril, a produção caiu 25% comparada com o abril de 2019 em decorrência do agravamento da estiagem e do baixo consumo. Já no mês de maio, a produção ficou apenas 3,5% menor na comparação anual.
Fonte Canalenergia