Geração instantânea de energia solar bate recorde no Nordeste

Geração instantânea de energia solar bate recorde no Nordeste

Nordeste bateu um novo recorde de geração instantânea de energia solar, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). 

No dia 12 de julho, às 10h28, os painéis solares da região produziram 2.963 MW, um volume equivalente a 27,5% da demanda regional naquele minuto.

A região Nordeste ocupa uma posição de grande destaque no Brasil quando o assunto é geração de energia solar. Ao todo, a localidade conta com 120 usinas de grande porte em operação, com potência somada de 3,23 GW. 

De acordo com a ANEEL, trata-se de um volume que representa 62,8% de toda a potência fiscalizada em operação no país (5,09 GW). 

A região também se prepara para receber mais 47 usinas em construção e outras 427, que já foram outorgadas, mas ainda não estão com as obras iniciadas. 

Essas novas usinas de grande porte adicionarão outros 19.040 MW. Trata-se de um volume que vai quintuplicar a capacidade atual na região, e por consequência, trará novos recordes de geração de energia solar nos próximos anos.

A região também atingiu outro recorde envolvendo a geração instantânea de energia eólica. No dia 8 de julho, a região produziu 14.167 MW, o equivalente a 123,2% da demanda na região.

O montante é suficiente para suprir o consumo de energia de toda a região por um minuto, sobrando 23,2%. Por um minuto naquele dia, a região tornou-se exportadora de energia eólica para o restante do país.

O mês de julho no Nordeste é conhecido como safra dos ventos, com os mais fortes no litoral da região impulsionando a produção de energia eólica. Esse foi o primeiro recorde de geração instantânea de energia eólica registrado em 2022.

Matérias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados com *